Gestão de suprimentos na construção civil

Gestão de suprimentos na construção civil

Veja neste artigo como analisar, otimizar sua logística e até mesmo reduzir custos com a gestão de suprimentos na construção civil. Confira!

Em todo projeto é fundamental que os suprimentos sejam entregues no local adequado e armazenados da maneira correta. Mais ainda, é importante que estes suprimentos tenham a qualidade ideal e o custo correto.

Somente dessa forma o seu projeto será sustentável e se manterá dentro do orçamento estipulado.

Quando falamos em suprimentos é importante ter algumas questões bem claras e estratégias bem definidas. É sobre isso que trataremos neste artigo.

Continue lendo para entender como fazer a gestão correta de suprimentos na construção civil.

 

Mas primeiro, o que são os suprimentos?

Os suprimentos são tudo aquilo que é preciso para que a construção ocorra. Tijolos, cimento e até mesmo as ferramentas podem ser consideradas suprimento. Além disso, sua equipe também é um tipo de suprimento.

Logo, podemos entender a importância da gestão correta desses insumos.

Lembre-se de que estes são apenas alguns exemplos e que a variedade de suprimentos dentro de uma obra é gigantesca.

 

A importância da gestão de suprimentos

O objetivo da gestão de suprimentos é garantir que os materiais estejam disponíveis na quantidade correta e nos locais corretos. Esse processo tem impacto direto na entrega da obra no prazo estipulado.

Mas se formos pensar em alguns aspectos principais e na importância da gestão, eles podem ser resumidos em: logística e redução de custos.

Uma obra com boa logística mostra uma diferença significativa no fluxo de trabalho. Além disso, é possível ter uma boa relação com fornecedores, uma vez que insumos podem ser solicitados com antecedência.

Ou seja,quando o seu projeto está preparado é possível solicitar materiais com antecedência, conseguir melhores preços e organizar-se para o recebimento dos mesmos.

 

Então planeje-se!

A boa gestão da cadeia de suprimentos envolve desde o planejamento da obra até o controle de como as atividades estão acontecendo.

O responsável pelos insumos deve sempre certificar-se de que eles estão sendo armazenados nos locais corretos, acompanhando estoques e ser responsável pelo processo de pedidos junto a fornecedores.

Pense nessas atividades como um fluxo onde tanto gerente de obras quanto fornecedores devem estar alinhados para que tudo siga os prazos estipulados.

 

Como fazer uma boa gestão:

Já dissemos anteriormente para você se planejar, mas não dissemos como. Mas agora chegou a hora de conferir algumas dicas para um bom processo de gestão de suprimentos na construção civil. Confira:

 

  1. Use o diário de obra:

O diário de obra é uma ferramenta que poderá te ajudar a acompanhar de maneira mais clara como está o andamento do projeto. Além disso, com ele será possível identificar eventos fora do planejado e reorganizar-se a tempo.

 

  1. Faça checklists

Listas e checklists irão te ajudar a mapear processos e acompanhá-los depois. Isso faz parte do processo de monitoramento. O monitoramento por sua vez irá te ajudar a identificar gargalos e melhorias.

 

  1. Use a tecnologia a seu favor

Sabemos que muitas vezes pode levar tempo para analisar preços e comparar fornecedores. Busque soluções que podem te auxiliar a automatizar esse processo. Além disso, use a internet para fazer pesquisas e cotações, isso poderá te poupar algum tempo.

 

  1. Tenha parceiros

Os parceiros facilitarão a sua vida na hora de buscar por suprimentos. Eles permitirão que você tenha uma boa base de pesquisa, você terá um banco de fornecedores confiáveis e poderá contar com um serviço que você já conhece previamente, diminuindo as chances de imprevistos.

 

  1. Qualifique processos e pessoas

Quanto mais claros os seus processos forem, mais fácil será dar andamento para eles. Então, uma vez que um gargalo for identificado busque sanar o problema e identifique isso para o seu time.

E por falar em time… uma equipe qualificada irá facilitar processos e garantir que o que foi desenhado seja seguido.

Gostou das dicas? Para saber mais sobre capacitação de mão de obra, leia também: Capacitação de Mão de Obra: por que você precisa estar atento a isso

Deixe uma resposta