Como tornar viável a execução de fosso de moega?

Como tornar viável a execução de fosso de moega?

Engenheiro, você sabe o que é preciso para a execução de fosso de moega de maneira segura e que armazene a produção de grãos com qualidade?

A agricultura é uma das atividades com maior contribuição na economia brasileira. Segundo a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), em 2018, 228,3 milhões de toneladas de grãos foram produzidos no Brasil, a segunda maior safra já registrada no Brasil em 12 anos.

Para escoar toda a produção, é preciso contar com toda uma estrutura confiável para recebimento de grãos. Contudo, as empresas esbarram no alto custo que estes projetos exigem e muitas delas preferem apostar em empresas pouco qualificadas no serviço.

Porém, a ENEC Engenharia resolveu aceitar o desafio da execução de fosso de moega e criou um projeto único para uma multinacional que atua no Brasil. O resultado deste processo todo, nós explicarmos na postagem de hoje sobre a construção desta interessante obra.

Como funciona a execução de fosso de moega

Em geral, a execução de fosso de moega de grãos abaixo do nível do solo é feita junto a construção da estrutura de armazenamento, que acondiciona a produção. O sistema também costuma ser interligado com correias ou elevadores de transporte para levar os grãos aos silos.

O fosso é uma estrutura com a construção civil robusta, feita com estruturas de concreto armado em paredes de contenção com grelhas onde os caminhões despejam os grãos. No caso de estruturas abaixo do solo, é preciso pensar na estrutura da laje e rampa do fosso.

No primeiro momento, a executora deve viabilizar a escavação do fosso e estabelecer a segurança necessária para que não ocorram desmoronamentos e a  área seja estabilizada. No passo posterior, são executadas as fundações e estruturas em concreto armado do fundo, paredes e lajes para fazer a obra.

Este é um processo seguro, mas que deve ser cuidadoso para afastar o risco de infiltrações no futuro. Além disso, precisa de uma execução viável para não se tornar muito caro, caso alguma etapa da construção precise ser refeita ou alterada.

A execução de fosso de moega pode se tornar um desafio ainda maior, quando precisa ser feita em uma infraestrutura já concluída, como no caso desta multinacional. Veja a seguir.

Quais eram os desafios que o cliente enfrentava?

O projeto da multinacional sediada em Catalão (GO), seria utilizado como parte da estrutura de recebimento e estocagem da produção de soja. Desde o início, a empresa sabia com antecedência, quais seriam as exigências para a execução de fosso de moega, que eram:

  • Piso de fundo, com profundidade de até 6,0 metros, com instalação de grelhas em laje de topo;
  • Utilizar estruturas de concreto convencional para parede e contenção, e lajes;
  • Instalar pilares de cobertura da região, com fundações em estacas profundas pré-moldadas;

Neste projeto, a execução de fosso de moega seria construída em um espaço que já contava com interferências variadas. A obra propriamente dita estaria em uma área com um galpão existente onde seus pilares eram metálicos e sobre fundações em blocos de estacas pré-moldadas, que estariam abaixo do fosso.

Além disso, a profundidade de 6 metros do fosso necessitaria de cuidado ainda maior pelo risco de desmoronamentos durante a obra, exigindo a instalação de taludes nos extremos da escavação. Um erro de cálculo na obra poderia comprometer toda a área construída.

Somente uma empresa que conta com experiência e planejamento de grandes obras logísticas e industriais poderia executá-la com perfeição, nesse momento que a ENEC Engenharia aceitou encarar esta missão.

Como a ENEC ajudou o cliente na execução de fosso de moega?

Com o sinal verde da multinacional, a ENEC Engenharia iniciou os seus trabalhos através da requalificação do projeto, propondo alterações essenciais na planta a ser construída. O primeiro passo foi convencer a empresa a iniciar a obra com a cravação de perfis metálicos.

Por quê? Nossa equipe percebeu que ao cravá-los de forma espaçada poderíamos adotar um novo conceito para obra, muito mais seguro e ágil: um sistema invertido de execução.

Neste tipo de projeto invertido, os profissionais contratados pela ENEC cravariam os perfis metálico para, e apenas na segunda etapa, cavar um terço da profundidade do fosso e partir para a concretagem de um trecho da cortina de contenção, vigas e lajes do topo.

A grande vantagem da metodologia adotada resultou na estabilidade que o projeto obteve nas etapas posteriores da obra. Com os perfis escorado pelas lajes concretadas, toda a área de construção estava preparada para ter os últimos trechos de profundidade escavados.

Não menos importante, destacamos a segurança que o sistema invertido trouxe a esta obra. Não foi necessária a instalação de grampos e tirantes para  manter a imobilização das extremidades da escavação, falaremos mais sobre isso no próximo tópico do texto.

Finalizando a escavação e entregando a obra

Para finalizar a execução de fosso de moega, a equipe adotou o mesmo método da etapa anterior, com a escavação parcial e a execução dos demais trechos das cortinhas e lajes de fundo. Pode parecer curioso construir uma laje de topo antes da obra em si, mas este é um procedimento comum nesse sistema.

Para facilitar o transporte vertical de equipamentos – como pequenas máquinas e ferramentas – , o trânsito da equipe de trabalhadores e a retirada de terra, o projeto alterado pela ENEC já estabelecia a presença de aberturas nas lajes da estrutura construída.

Dessa forma, com os perfis metálicos travando toda a estrutura do entorno da escavação e a preservação das estacas pré-moldadas ao redor do fosso, bastou que a equipe seguisse os passos anteriores e, ao final, fazer a concretagem da laje de fundo para finalizar a obra.

Como estabelecido em acordo da ENEC Engenharia com a multinacional contratante do serviço, a execução de fosso de moega foi concluída dentro do prazo e os custos se mantiveram dentro do orçamento estimado para a construção.

Conclusão

O método de execução de fosso de moega por meio do sistema invertido de construção mostrou-se uma das melhores alternativas para a escavação de profundidade.

A segurança oferecida e agilidade no tempo do projeto são as maiores vantagens que este tipo de obra oferece ao contratante, que pode ter custos mais sustentáveis do que em um processo comum de escavação sem o uso de perfis metálicos cravados.

No entanto, somente as melhores empresas de engenharia do mercado conseguem oferecer uma execução de obras de grande porte em logística, com tecnologia e confiança que o contratante exige na execução de fosso de moega.

A ENEC Engenharia é uma empresa com mais de 40 anos de experiência na Construção Civil e de infraestrutura logística e industrial em todo o Brasil. Nós trabalhamos com as melhores práticas do mercado e temos as soluções certas em construções de médio e grande porte para a sua empresa.

Entre em contato conosco pelo telefone (62) 3092-1150 ou envie a sua mensagem neste link aqui.

One thought on “Como tornar viável a execução de fosso de moega?

  1. Não conhecia esse fosso de moega. Artigo muito bem explicativo e detalhado, separando cada processo da construção em tópicos ajudou muito na compreensão de, tanto do texto em si, quanto do próprio fosso que eu não havia conhecimento antes. Bom saber que a empresa tem renome e consegue dar conta de trabalhos tão trabalhosos, cheios de detalhes e com tantos riscos como o do cliente que foi citado ali.

Deixe uma resposta